Técio Lins e Silva assina repúdio da IAB ao presidente do STF

Lins e Silva, presidente do IAB, criticou atitude do presidente do Supremo, Joaquim Barbosa

Lins e Silva, presidente do IAB, criticou atitude do presidente do Supremo, Joaquim Barbosa

Nem dos anos de chumbo, os advogados que militaram nos tribunais militares foram submetidos a um espetáculo degradante e humilhante como esse.” Assim se manifestou o presidente do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), Técio Lins e Silva, contra a atitude do ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, que nesta quarta-feira expulsou do plenário do STF, com uso de segurança, o advogado Luiz Fernando Pacheco.

De acordo com o presidente do IAB, Técio Lins e Silva, “trata-se de uma página lamentável da Justiça brasileira e uma mancha insuportável na historia do Supremo Tribunal Federal”. Em sessão ordinária, na noite desta quarta-feira, o IAB manifestou seu repúdio por meio da seguinte nota:

Nota de Repúdio

“O Instituto dos Advogados Brasileiros, por aclamação, na sessão plenária realizada nesta data, adere integralmente à manifestação do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil e, igualmente, repudia o comportamento atrabiliário do Senhor Presidente do Supremo Tribunal Federal, Ministro Joaquim Barbosa, pela forma desrespeitosa com que cassou a palavra de um advogado no pleno exercício de sua atividade profissional, retirando-o a força do Plenário da Suprema Corte.

Este lamentável episódio, sem precedentes nem mesmo nos períodos mais obscuros da história de nosso país, macula a magistratura nacional e merece a devida reparação à advocacia e a toda sociedade brasileira”.

Técio Lins e Silva
Presidente do IAB